Diversidade em alta na 2ª Mostra Científico-Cultural da FTC » Educação » Notícias » Infocultural

Diversidade em alta na 2ª Mostra Científico-Cultural da FTC

Educação - 26/05/2017
Diversidade em alta na 2ª Mostra Científico-Cultural da FTC Um dia de práticas destinadas à diversidade - Foto: Divulgação

Diversidade e criatividade são as duas palavras que melhor definem a 2ª Mostra Científico-Cultural, que movimentou o campus da FTC Feira de Santana nesta quinta-feira (25). Práticas de metodologias ativas, shows musicais, apresentação de dança, lançamento de livro e bate-papo com autores, além de quadrilha temática da área de saúde. Tudo isso em um só lugar e com a participação de alunos e professores de todos os cursos.

O resultado das metodologias ativas aplicadas em sala de aula foi exposto em mais de 30 estandes instalados na área de convivência da Faculdade, desde projetos de engenharia e receitas de alimentação saudável a atividade prática de conscientização sobre a importância de combater o mosquito da dengue e iniciativas empreendedoras. Característica comum a todos os trabalhos: o desempenho dos estudantes.

Se os alunos se comprometeram em fazer o melhor, os professores também se empenharam ao máximo, em todas as áreas. Na saúde o destaque ficou por conta da Quadrilha Celular, apresentada por mais de 300 alunos, sob a marcação do professor Alano Calheira Durães, que literalmente suou a camisa para dar conta do projeto. “A sensação é de dever cumprido”, disse, no final, ao agradecer aos alunos participantes.

Na avaliação do estudante Henrique Arruda, que cursa o 1º semestre de Direito, iniciativas como a Mostra Científico-Cultural é uma oportunidade muito boa, pois “motiva o aluno a ter uma visão de mundo bem maior, diferente, além de estimular a integração; melhor do que as metodologias antigas”. Vinícius Reis, do curso de Biomedicina, também gostou de participar do evento, mostrando resultados. “É estimulante”, resumiu.

O adolescente Gilson Victor, que se encontrava na FTC como visitante, disse que não poderia ter momento mais propício para conhecer a Instiquição. “Eu quero fazer Psicologia”, anunciou entusiasmado, depois de ganhar um livro sorteado durante o bate-papo com os autores Carlos Magno, Alfredo Morais, Madalena de Jesus, mais a estudante de Odontologia Fernanda Mastrolorenzo. Chênya Pereira Coelho, que já é aluna do curso, também foi contemplada com um exemplar do livro Tabuleiro da Maria.

O sucesso da mostra contagiou até os pais de alunos. Sérgio Vianey e Lígia Borges assistiram a participação da filha Mariana, 1º semestre de Odontologia, na Quadrilha Celular. Ele filmou e fotografou tudo, emocionado ao ver o trabalho do professor ligando o conhecimento em sala de aula à atividade. Josi Barbosa, mãe de Carla Larhara, 1º semestre de Fisioterapia, confessou que não esperava o que viu. Se surpreendeu e aprovou: “Quadrilha criativa, linda e animada, sem sair do conteúdo da disciplina”.

O resultado mereceu aplausos da professora Marcly Amorim Pizzani, diretora adjunta da unidade. Ela lembrou que o evento foi uma iniciativa do Colegiado de Enfermagem, mas que cresceu e hoje envolve todos os cursos, é institucional. Marcly destacou o desempenho dos estudantes, ressaltando que “o profissional não é feito apenas em sala de aula”, para explicar a opção da FTC pelas metodologias ativas e o currículo por competências.

Quem esteve na Faculdade, durante o dia ou à noite, ainda ouviu muito forró e MPB, com a apresentação dos alunos da casa Samir, o Raimundinho (Psicologia), Adriele Fiúza (Odontologia) e Isabela Assunção (Educação Física), mais a dançarina e contorcionista Jéssica Rodrigues também estudante da FTC (Educação Física). Este ano estiveram à frente da organização da mostra os professores Carlos Magno, Hayana Leal Barbosa, Alano Calheira e Guísala Mamona.

Maria Madalena de Jesus/Ascom
© Todos os direitos reservados. 2014.
Email: infocultural@infocultural.com.br
Painel Administrativo