Economia feirense gera saldo positivo de emprego formal » Economia » Notícias » Infocultural

Economia feirense gera saldo positivo de emprego formal

Economia - 04/10/2021
De acordo com as informações levantadas no Novo CAGED - Cadastro Geral de Empregado e Desempregado - para o mês de agosto, o saldo de emprego formal em Feira de Santana obteve um resultado positivo, em linha com o movimento observado nacionalmente. O total de trabalhadores admitidos supera o de desligados pelo décimo quarto mês consecutivo. Em agosto, especificamente, foram realizadas 3.646 admissões e 3.043 desligamentos, resultando em um saldo de 603 novos postos de trabalho.

 

Em 2021 já foram criadas 5.083 novas vagas de emprego. Neste mês de agosto, o número total de postos de trabalhadores formais no município supera em 5,7 % aquele verificado em janeiro de 2020, período anterior à pandemia.

 

A equipe do Programa Conhecendo Economia Feirense, vinculado ao Departamento de Ciências Sociais Aplicadas da Universidade Estadual de Feira de Santana (Dcis/Uefs), salienta que recuperação do mercado de trabalho em Feira de Santana, desde setembro de 2020, tem sido expressiva, com o número médio de admitidos acima de 3.500 por mês e de desligados por volta de 2.700 por mês. Esse movimento resultou em aproximadamente 800 novos postos de trabalho por mês na média dos últimos doze meses. Embora o ambiente econômico local tenha sido surpreendentemente positivo nos últimos doze meses, o cenário prospectivo para o mercado de trabalho em Feira de Santana permanece bastante desafiador, especialmente para os trabalhadores informais, não captados pelos dados do CAGED, e os que possuem um nível mais baixo de qualificação profissional. 

Assessoria de Comunicação Social da Uefs
© Todos os direitos reservados. 2014.
Email: infocultural@infocultural.com.br
Painel Administrativo