Escola encerra “Expedição Histórica” com visita ao distrito de Humildes » Eventos » Entretenimento » Infocultural

Escola encerra “Expedição Histórica” com visita ao distrito de Humildes

Eventos - 14/11/2019

A Escola João Paulo I encerrou a “Expedição Histórica” realizada em Feira de Santana com visita pedagógica dos estudantes do 3º Ano ao distrito de Humildes na tarde da sexta-feira (08/11). A ação, iniciada com os alunos cantando na escadaria da Prefeitura Municipal no dia do aniversário da cidade, integra o projeto “Vivendo Feira: Ontem, Hoje e Sempre”, desenvolvido pela instituição de ensino que é pioneira em mostrar, de forma mais elaborada, às suas crianças, aspectos relevantes do município, tais como cultura e economia.

 

A visita a Humildes foi realizada após a visita ao distrito de Tiquaruçu, ocorrida na tarde do dia 25 de outubro, para os estudantes compararem os dois locais. “Humildes passou por diversas transformações e hoje tem fortes características urbanas. Já Tiquaruçu ainda tem preservados vários aspectos que o caracterizam como localidade rural. Um dos objetivos dessas visitas é fazer os alunos refletirem sobre mudanças e permanências identificadas nos dois distritos. Com isso, as crianças conhecem a história da nossa Feira de Santana através das vivências e reflexões propostas pela Escola João Paulo I”, declara uma das coordenadoras do Ensino Fundamental I, Karine Oliveira.

 

O estudante Bernardo Meireles, que estava curioso para conhecer os distritos, destacou que Humildes é grande, possui muitas moradias e diversas casas comerciais; já Tiquaruçu é menor, tem menos residências e poucos comércios. No projeto “Vivendo Feira: Ontem, Hoje e Sempre”, iniciado no começo do ano letivo, os professores trabalham sobre Feira de Santana através de uma contextualização histórica repleta de ludicidade. A visita a Tiquaruçu, por exemplo, contou com a presença ilustre de Maria Quitéria, que, para surpresa de todos, chegou à praça em frente à Igreja de São Vicente montada em um cavalo e com sua espada em punho.

 

A heroína nacional, batizada no templo citado no final do século 18 e interpretada pela professora Fabiana Carneiro, contou um pouco da sua história e questionou os desbravadores mirins sobre aspectos de sua vida, de Tiquaruçu e de Feira de Santana. Assim, a guerreira ficou encantada com a interação e o conhecimento dos alunos. Depois as crianças entrevistaram alguns moradores do distrito sobre o modo de vida no local e doaram alimentos a famílias carentes. Em Tiquaruçu a “Expedição Histórica” foi recebida por dona Gigi, que apresentou o Mercado Municipal e a Igreja de São Vicente aos estudantes.

 

Em Humildes, os desbravadores mirins passaram primeiro pelo Centro Lar Mariano, entidade religiosa que presta serviços à comunidade, onde foram recebidos pela irmã Patrícia. No local, os alunos compartilharam o próprio lanche com crianças atendidas pela instituição. A próxima parada foi na Igreja de Nossa Senhora dos Humildes, onde os estudantes foram recebidos pela historiadora Mariane Nascimento, que apresentou relatos da história do distrito; pela senhora Márcia Costa, que foi entrevistada pelos desbravadores; e por dona Eponina, que falou sobre o sonho que a população local tem de ver Humildes emancipado.

Desde quando foi iniciada, no mês de setembro, a “Expedição Histórica” visitou o Museu de Arte Contemporânea; Museu Casa do Sertão; Parque Radialista Erivaldo Cerqueira (Parque da Lagoa); Casarão e Praça Fróes da Mota; Centro de Cultura Maestro Miro; Centro de Convivência para Idosos Dona Zazinha; e Estádio Joia da Princesa. A estudante Ester Gomes curtiu cada momento da ação pedagógica. “Eu achei muito legal porque ajudou na nossa aprendizagem”, pontuou.

 

Durante o “Vivendo Feira: Ontem, Hoje e Sempre”, os alunos, com auxílio das suas famílias, também biografaram pessoas que contribuem ou contribuíram para o bem da cidade. Cada turma vai escolher um biografado para homenagear. As crianças também apresentarão o espetáculo “Aos nossos olhos, eis a Princesa do Sertão!”, quando elas mostrarão o que aprenderam sobre Feira de Santana, partindo do seu surgimento, passando pelo presente e imaginando o seu futuro. As homenagens e a apresentação serão realizadas no dia 08 de dezembro, às 9h30, no Centro de Convenções IBAV.

Assessoria de Comunicação - João Paulo
© Todos os direitos reservados. 2014.
Email: infocultural@infocultural.com.br
Painel Administrativo