Mais cinco novos títulos serão lançados pela Uefs Editora » Literatura » Cultura » Infocultural

Mais cinco novos títulos serão lançados pela Uefs Editora

Literatura - 16/10/2017

A Uefs Editora estará lançando cinco novos títulos no próximo dia 19 (quinta-feita), a partir das 16h no hall do prédio da Reitoria. No total, já são 217 livros publicados pela Uefs Editora, em sua quase totalidade nos últimos sete anos. Livros não só resultantes de pesquisa científica, em todas as áreas do conhecimento, mas também nos gêneros de ficção, poesia e infanto-juvenis, que são comercializados na Livraria da Uefs, em livrarias de outras universidades públicas da Bahia e de fora, em feiras locais e bienais de várias cidades do país.

Os livros são os seguintes:

Circuitos culturais juvenis em Feira de Santana, Bahia: uma poética das margens (202 páginas), organizado por Mirela Figueiredo Santos Iriart, Denise Helena Pereira Laranjeira, Eduardo Luedy e Ivan Faria, é uma produção coletiva, fruto da interface de ciência, artes e políticas públicas de educação e cultura, como parte de um projeto realizado entre 2013 e 2015, em conjunto com grupos culturais juvenis de Feira de Santana.

Sant’Ana dos Olhos d’Água: fé e celebração entre a Igreja e o Largo (1920-1987), de Rennan Pinto de Oliveira (221 páginas), é um estudo que recupera a memória de mais de meio século das festividades em louvor à santa padroeira de Feira de Santana.

Diálogos entre Brasil e Angola: o português d’aquém e d’alem-mar, organizado por Eliana Pitombo Teixeira e Silvana Silva de Farias Araujo (268 páginas), reúne textos de vários pesquisadores da área de Linguística sobre as raízes do português brasileiro, especialmente a respeito do uso das preposições no português falado em Luanda e outros fenômenos sintáticos no português escrito em jornais de Angola.

Olhares sobre o adoecimento crônico: representações e práticas de cuidado às pessoas com doença falciforme, organizado por Evanilda Souza Santana Carvalho e Aline Silva Gomes Xavier (317 páginas em formato grande), é uma coletânea de artigos de diversos pesquisadores da área de Saúde Coletiva sobre pessoas com doença falciforme em estado crônico, uma das doenças hereditárias mais comuns no Brasil, que se caracteriza por uma alteração nas células do sangue. O tratamento implica uma rede pública assistencial múltipla de cuidados, a fim de garantir atenção integral e resolutiva.

Crônica, memória e história: formação historiográfica dos sertões da Bahia, de Erivaldo Fagundes Neves (512 páginas), focaliza a história das histórias dos sertões baianos, ao longo do tempo. Também aborda a historiografia do que veio a ser a construção de muitos territórios do Estado, suas formações sociais, atividades econômicas, evolução política e manifestações culturais, em cenários geográficos os mais distintos, mas articulados no pertencimento espacial de baianidade.

Uefs/Ascom
© Todos os direitos reservados. 2014.
Email: infocultural@infocultural.com.br
Painel Administrativo